Curiosidades sobre o beijo

para comemorar o dia do beijo, que tal saber algumas curiosidades sobre ele?

O artigo foi postado originalmente pela página O Corpo Humano.

primeiro-beijo-Shutterstock_Images-post

-Aparentemente, além de bactérias, há trocas de hormônios durante o beijo. Isso só é possível porque nossa boca contém membranas mucosas permeáveis que capturam vestígios de hormônios. No caso da mulher, ela acaba absorvendo testosterona e ficando mais propensa ao sexo.

-Um dos fatores que faz um primeiro beijo ser horrível ou perfeito é uma maneira que seu organismo tem de reconhecer um parceiro geneticamente compatível com você. Então quando alguém diz que “não teve química”, essa pessoa está mais do que certa no uso da expressão!

-Tudo o que você faz gasta energia e, por consequência, queima calorias. Com o beijo não é diferente. Um beijo rapidinho e romântico pode fazer com que você perca três calorias, enquanto um beijo um pouco mais apaixonante pode fazer com que você perca mais de cinco calorias. Ou seja: quanto mais você beija, mais calorias gasta.

-Beijar pode fazer com que as pessoas criem laços e é por isso que alguns homens vão embora logo após o sexo: para evitar a troca de carinhos que pode acabar em sentimentos mais fortes e maiores intimidades, o que não é o que alguns caras procuram. De novo: alguns. Não digam por aí que estamos generalizando.

-Envolvimento emocional: Se você ainda não viu ao filme Uma Linda Mulher, eis uma boa dica. Nele, Julia Roberts é uma prostituta que, a princípio, fala ao mocinho do filme que não beija clientes. Isso não é só uma licença poética do roteirista do longa, mas é comum que algumas prostitutas, de fato, não beijem seus clientes, a fim de evitar envolvimentos emocionais e sentimentais.